Web Cuadernos

Web cuadernos are on-line curations of multimedia materials focused on particular topics or bodies of work relating to performance and politics in the Americas. They contain combinations of photos, videos, texts, hyperlinks, bibliographies, and audio recordings, each piece gathered to explore a specific topic. The collections are based on a loose scaffolding or outline designed to make connections between disciplines, to serve as a research resource for artists and scholars, and to solicit exchange and additional materials. Each cuaderno is a work in progress. We invite our on-line community to add to our existing cuadernos by suggesting hyperlinks and/or original materials.


cuad_festive_devils
Festive Devils of the Americas

Devils of the Americas is dedicated to the research, participation and continuation of fiestas, religious manifestations, and carnivals of devils dances in the Americas. Their appearances help to untangle one of the most charged figures in history; a figure highly symbolic that carries the charge of 'evil' and 'play' along with honor, faith and collective action that simultaneously center and diffuse the binary of good and evil.

cuad_av_thumb
Arte ≠ Vida: A Chronology of Actions by Artists of the Americas, 1960–2000

by Deborah Cullen, Frances Pollitt
This chronology first appeared in the exhibition catalog Arte ≠ Vida: Actions by Artists of the Americas 1960–2000 (New York: El Museo Del Barrio, 2008) and was made digital by the Hemispheric Institute of Performance and Politics for the 8.1 e-misférica issue,  Performance ≠ Life.

cuad_multiple_journeys_thumb
Multiple Journeys: The Life and Work of Gómez-Peña

by Rafael Abolafia, Frances Pollitt, Emma Tramposch and Ana Vélez
“Multiple Journeys: The Life and Work of Gómez-Peña” invokes text and historical photographs to chronicle the performance art practice of post-Mexican writer, artist and activist Guillermo Gómez-Peña. By tracing his family life as well as his past 30 years in performance, visual and literary forms, the artist presents his work in context to the larger evolution of the field as well as to the main political and social events of the times.

Centro de Estudios Mapuche Pewma

de Pedro Cariman, Cecilio Melillan & Fresia Mellico
O Centro de Estudos Mapuche Pewma é uma iniciativa de um grupo Puel Mapu Mapuche (originário da Argentina), cuja maioria vive na província de Neuquén. Um dos seus objetivos principais é divulgar a pesquisa e a documentação dos diferentes aspectos da cultura e da língua Mapuche. Estas iniciativas também têm como objetivo gerar debates e espaços de intercâmbio entre indivíduos Mapuche e comunidades interessadas na análise da História de seu povo a partir de sua própria perspectiva e com seus próprios discursos. (Este Web cuaderno está em espanhol)

RARA Vodou, Power and Performance
RARA Vodou, Power and Performance

de Elizabeth Mcalister
Como muitas pessoas que visitam o Haiti, envolvi-me com o país num relacionamento de longa data. Fiquei imediatamente fascinada com sua cultura – e em especial pela música, pela religião e pela arte de pessoas comuns. Gostaria de começar com um clichê sobre o Haiti: ao invés de ser conhecido como "o país mais pobre do Ocidente", acho que deveria ser considerado como "um dos países mais ricos culturalmente do Ocidente". Pesquisei e aprendi um pouco sobre a cultura vibrante do Haiti e publiquei um livro sobre os festivais Rara,"Rara! Vodum, Poder e Performance no Haiti e sua Diáspora", além de vários albuns e artigos.

Home For Veterans
Home For Veterans

de Emma Raynes
O New Era Veterans (Veteranos da Nova Era) é um abrigo transicional, no Bronx, para veteranos que anteriormente foram indigentes. Este edifício, de quartos habitados por uma única pessoa, é de propriedade do governo e que fornece abrigo, aconselhamento e serviços sociais. Os residentes do New Era Veterans variam de veteranos da Segunda Guerra Mundial àqueles que voltaram recentemente do Iraque. A maioria dos residentes do New Era Veterans enfrenta suas deficiências físicas, distúrbios psicológicos e vícios. O textos que se seguem incluem poesia e prosa escritos e apresentados pelos residentes durante os encontros do grupo de poesia nesse abrigo.

Fragments of Peruvian History and Society
Fragmentos de história e sociedade peruanas

Este web cuaderno oferece ao visitante um passeio breve através da História e da sociedade peruanas usando alguns de seus personagens, locais e formas de cultura expressiva. No entanto, este passeio não percorre um caminho contínuo e nem tenta conectar fatos numa única linha narrativa. É mais precisamente sobre a apresentação de fragmentos os quais o visitante poderá explorar e eventualmente conectar como parte de uma cena maior. O próprio cuaderno está organizado sobre três eixos: personagens, locais e representações. Dentro de cada eixo, foram selecionados vários casos de acordo com sua relevância para ilustrar e explicar processos históricos maiores.

cuad_sarhua2_thumb
Sarhua: Terra de Montanhas e Cores

Este cuaderno abriga as fotografias e textos da comunidade indígena excepcional de Sarhua nos Andes peruanos. É uma vila de pintores cuja arte remonta a séculos passados e é única naquela região. Suas pinturas exercem um papel social ativo, sendo presentes orbigatórios para casais que estejam construindo sua casa – os desenhos atravessam a superfície da viga mestra que, então, se torna parte do telhado da casa. Na década dos anos 70, algumas destas vigas foram exportadas para Lima e para o estrangeiro, recebendo diferentes formas durante um crescimento comercial de pouca duração. Este cuaderno é sobre as histórias destes eventos e a importância desta antiga forma artística na vila de Sarhua.

Native Performance in New York City at the American Indian Community House
Native Performance in New York City at the American Indian Community House

Além de oferecer serviços culturais, de saúde e sociais para sanar as necessidades dos indígenas norte-americanos que vivem na cidade de Nova York, a American Indian Community House of New York City (Casa da Comunidade do Indígena Americano em Nova York) fornece um espaço mais do que necessário para as artes performáticas. Em existência desde o ano de 1969, o Departamento de Artes Performáticas da AICH foi desenvolvido para divulgar os artistas performáticos indígenas norte-americanos e fornecer-lhes um espaço teatral para exibiriem seus trabalhos. Este projeto de web cuaderno serve como introdução à American Indian Community House e à coleção diversa e importante de materiais de performance colhidos pelo seu Departamento de Artes Performáticas.

Indigenous Encuentros
Indigenous Encuentros

by Pilar Rau
At the Hemispheric Institute of Performance and Politics’ fifth Encuentro, “Performing 'Heritage': Contemporary Indigenous and Community-Based Practices,” members of two Brazilian indigenous communities, the Kaiapó and the Maxacalí, presented performances that generated fascination, confusion, and considerable dialogue. This web cuaderno presents audio-visual documentation and analysis of their participation in this event.

Vachiam Eecha: Planting the Seeds
Vachiam Eecha: Plantando as Sementes

de David Delgado Shorter
Este cuaderno se utliliza da estética e da língua indígena Yoeme a fim de demonstrar como uma tribo no México combina religiosidade, indigenismo e performance ritualística para declarar controle soberano sobre sua terra. Em colaboração com o povo Yoeme de vários 'pueblos', os designers deste website trabalharam aqui para travarem um diálogo com os membros da comunidade e com os não-indígenas Yoeme sobre a política de representação. Neste território virtual da Internet, venha ver como plantamos as sementes da memória coletiva indígena e da performance etnográfica.

cuad_atahualpa_thumb
A Morte do Inca Atahualpa

de Luis Millones e Ulla Berg
Neste web cuaderno, apresentamos representações múltiplas – escritas, desenhadas ou encenadas – pelas comunidades dos Andes peruanos. Os materiais foram coletados por um grupo de pesquisadores dirigidos por Luis Millones. Através da iniciativa de Diana Taylor, Luis Millones e Ulla D. Berg, estes materiais embrenharam-se nas páginas deste arquivo eletrônico o qual esperamos ser de uso, no futuro, para pesquisadores e estudantes da cena de fundação dos países andinos: a captura e morte do Inca Atahualpa.

Centro de Estudios Mapuche Pewma
Performance e Censura no México Colonial

de Martha Toriz (editora)
Este web cuaderno discute a ampla variedade de comportamentos expressivos dentro da sociedade colonial, a partir das artes performáticas até as festividades cívicas, da Corte e populares. Estas performances sociais implicaram necessariamente relações de política e de poder. O denominador comum destas expressões performáticas é seu caráter público e sua mensagem direcionados às massas.

Mapuche Campaign for Self-Representation
Campanha Mapuche para Auto-representação

de Miriam Alvarez, Lorena Cañuqueo and Laura Kropff
Em 2001, a Campanha Mapuche para Auto-representação foi criada para redefinir a identidade Mapuche e refletir sobre a diversidade da comunidade num contexto urbano. A campanha confronta abertamente o discurso hegemônico, o qual tenta diminuir as práticas indígenas e a identidade cultural como folclore e pretende divulgar o auto-conhecimento na comunidade Mapuche.

Praxis Indígena: Etno-apropriación discursiva y tecnológica
Praxis Indígena: Etno-apropriação discursiva e tecnológica

de Norma Belén Correa Aste e Luis Alberto López Espinoza
Este web cuaderno apresenta cinco etnografias recentemente desenvolvidas no Amazonas peruano que problematiza os processos de constituição e reconstituição de identidade nos contextos indígenas. A partir da perspectiva performática, os principais casos de estudo exploram a apropriação e a materialização dos discursos relacionados à Internet e à Educação Bilíngue Intercultural por dois grupos indígenas (os casos Asháninka e Shipibo).

Repasos: Art & Life in Chile Under Pinochet
Repasos: Arte e Vida no Chile Sob Pinochet

de Antonia Thompson
"REPASOS" é um 'trabalho-hipertexto' de multimídia, que estuda a relação inerente entre a arte e a política (e entre a arte e a vida) no Chile de Augusto Pinochet. Através de entrevistas pessoais com artistas, performers, escritores e diretores de museus e galerias, o projeto conta a história do Escena Avanzada e do CADA ("Colectivo Acciones de Arte" - Coletivo de Ações de Arte) – dois grupos de artistas e de intelectuais que permaneceram no Chile durante os anos de governo militar e "ousaram jogar com uma forma de criatividade".

H.I.J.O.S.
H.I.J.O.S.

de Jennifer Kaplan
Neste web cuaderno, o qual esperamos que seja o primeiro de vários sobre a performance do protesto político, reunimos materiais sobre as estratégias, as filosofias, as práticas de resistência e o ativismo do HIJOS, colocando-os no contexto da performance política na História da Argentina que começou com o golpe de Estado e continuou com as Madres de la Plaza de Mayo.

Tepeyac Television Service
Serviço da Televisão Tepeyac

de Irene García e Adriana Ayala
O Serviço da Televisão Tepeyac (TTS, sigla em inglês) é um projeto de televisão pública formado por um grupo de trabalhadores imigrantes mexicanos na cidade de Nova York. Sua missão fundamental é facilitar o acesso à câmeras de vídeo para os trabalhadores imigrantes cujas vozes são sistematicamente caladas e desvalorizadas. O objetivo é ajudar as pessoas no fortalecimento de suas vozes ao ensiná-las a produção de vídeo e a documentar suas vidas, famílias e comunidades. Os projetos de vídeo do TTS não apenas defendem e divulgam explicitamente os direitos humanos e de trabalho dos mexicanos e outros trabalhadores latinos na área dos três estados (Nova York, Nova Jersey e Connecticut) mas também estimulam a expressão criativa entre esses indivíduos. O TTS procura criar um diálogo entre os trabalhadores imigrantes a um nível transnacional através da distribuição e exibição de seus trabalhos em festivais de cinema, exposições e através deste website.

Holy Terrors: Latin American Women Perform
Terrores Sagrados: Mulheres Latino-Americanas em Cena

de Diana Taylor e Alexei Taylor
O website Terrores Sagrados está desenhado para aumentar e atualizar constantemente o livro Holy Terrors: Latin American Women Perform (Durham: Duke University Press, 2003). Aqui, fornecemos um arquivo de materiais visuais em constante expansão (como vídeos, shows de slides, fotos), textos performáticos, entrevistas, ensaios acadêmicos, bibliografias e links relacionados às artistas retratadas no livro assim como outras. Mande-nos sugestões de novas artistas, contribuam com materiais e façam comentários sobre o site.

Architecture and Performance:Plaza Italia in Santiago of Chile
Architecture e Performance:Plaza Italia em Santiago do Chile

de Rodrigo Tisi
Plaza Baquedano, conhecida com La Plaza Italia de Santiago, é o umbigo da capital chilena. Os residentes de Santiago falam dela o máximo que podem. Este é o local onde as La Alameda, Providencia e Vicuña Mackenna se encontram, assim como o parque Bustamante, o parque Florestal, o parque Américas, Ramón Carnicer, Pío Nono e Merced, a colina San Cristóbal e o rio Mapocho. O site é um ponto central, um centro verdadeiro dos encontros dentro do espaço urbano da cidade de Santiago.

Political Performance
Performance Política

dos estudantes do curso de Performance Política na NYU, 2004
Este site evoluiu a partir de um curso que examinava o uso da performance – pelo Estado, por grupos de oposição e artistas de teatro e performance – para solidificar ou desafiar estruturas de poder. Examinamos paradigmas específicos de poder (conquista, colonialismo, fascismo, ditadura militar, globalização) dos séculos XX e XXI. Como espetáculos públicos têm sido usados para apoiar e contestar o poder do Estado? Como os termos teatrais, por exemplo, 'cartase', 'mimese', 'identificação', 'assistência de espectadores' e assim por diante, servem para elucidar estratégias políticas? E como a língua mudou a fim de que palavras como 'liberdade' pôde referir-se a invasão, 'patriota' (como no 'Ato Patriótico') tornou-se sinônimo de aliança cega e agrupamento de inteligência ser rebaixado para "palavrório" inintelegível?

Intangible Heritage:  Day of the Dead
Herança Intagível: O Dia dos Mortos
dos participantes da Conferência CRIM de 2003

Este site é o resultado da conferência CRIM (Cuernavaca, México, 2003) de uma semana sobre Herança Intangível, onde um grupo de estudantes e docentes trabalharam como time para explorar a tradição do Dia dos Mortos. Ao olharem para a comemoração do Dias dos Mortos como performance, o grupo examinou as maneiras pelas quais a memória cultural é transmitida através de práticas sociais, costumes, ações e rituais.

Grupo Cultural Yuyachkani
Grupo Cultural Yuyachkani

de Gisela Cárdenas
O Grupo Cultural Yuyachkani é um grupo de teatro ativista, com uma história de 30 anos de vida teatral em reação e provocação à política no Peru. Neste web cuaderno, coletamos uma infinidade de materiais conectando a obra desde importante grupo teatral com a História política e social do Peru.

DanzAbierta
DanzAbierta

de Shanna Lorenz
Marianela Boán e DanzAbierta: Bailarina, coreógrafa e performer, Boán trabalhou por 15 anos com o Dança Contemporânea de Cuba onde criou vários trabalhos que fizeram turnês por mais de quarenta países. Em 1988, Boán fundou o DanzAbierta onde começou a misturar diferentes estilos de teatro e dança enquanto trabalhava através de conflitos contemporâneos difíceis. Usa uma linguagem que quebra com os limites do movimento puro, alcançando outras formas de expressão artística como o teatro, as artes visuais, a música e a canção... sempre exigindo de seus bailarinos um completo desenvolvimento de todos canais expressivos. Chama seu estilo de "dança poluída".

cuad_rumba_thumb
Os Rumos da Rumba: Mapa Mundial

de Berta Jottar
Este cuaderno foca na Rumba como uma cartografia da Diáspora. A Rumba é um espaço transitório, um site internacional, transnacional, pós-nacional no seu fazer e desfazer na sua própria performance. A geografia deste site é os rumos da rumba, suas diferentes rotas, direções, estadias num local e outro, simultâneamente, quando a Rumba é apresentada e fragmentada em sua relação ao espaço; uma vez que a Rumba esteja dentro e fora do "barrio", "solar", vizinhança, grupo étnico, local de origem e além desse locais. A Rumba é sua própria condição migratória. Este mapa é uma visão mundial que entende o movimento e o som como sua epistemologia. Este site é a compilação de Rumbas além do espaço no constante fazer e desfazer do local, nação e narrativa.