Célula rítmica e a criação de personagem/performance—João das Neves

Biografia

João das Neves é dramaturgo, diretor, ator e escritor. Dirigiu o teatro de rua do CPC da UNE e foi um dos fundadores do Grupo Opinião, no qual trabalhou em parceria com autores como Vianinha e Ferreira Gullar. Estudou na Alemanha, onde fez o curso de Ciências Teatrais e trabalhou no Setor de Peças Radiofônicas da WDR (Westdeutscher Rundfunk). Em 1991 e 1992 organizou e dirigiu uma oficina de interpretação no Parque Ecológico Lagoa do Nado, a convite da Secretaria Municipal de Cultura de Belo Horizonte, oficina da qual resulta o projeto Primeiras Estórias – adaptação de 11 contos do livro homônimo de João Guimarães Rosa. Realizou a adaptação para o Grupo Trama do conto de João do Rio “O Homem da Cabeça de Papelão”, dirigida por Marcelo Bones; a adaptação e encenação do clássico mexicano “Pedro Páramo”, de Juan Rulfo, no túnel Capitão Eduardo na periferia de Belo Horizonte; a adaptação e encenação do espetáculo “Cassandra”, a partir de texto da escritora Christa Wolf. Em 2003, fez adaptação radiofônica do conto “Um Artista da Fome”, de Franz Kafka, para espetáculo homônimo da Boa Companhia/Campinas. Em 2003, assinou contrato com a Editora Dimensão para reedição do texto teatral infantil “A Lenda do Vale da Lua” (prêmio SNT/1975), e tem publicada, pela mesma Editora, a 4a. edição de “Por Um Triz a Elis Ficava Sem Nariz”.