A repressão e a memória corporal

Moderadora: Brigitte Sion (New York University)
Expositores: Marianne Hirsch (Columbia University),
Leo Spitzer (Columbia University), Carlo Tognato (Universidad Nacional de Colombia), Mirta Kupferminc (artista argentina), Elizabeth Jelin (IDES).

Biografias

Marianne Hirsch: Professora de Inglês e Literatura Comparada e Diretora do Instituto para a Pesquisa sobre a Mulher e Gênero na Columbia University, Nova York, Estados Unidos.

Elizabeth Jelin: Doutora em Sociologia, Pesquisadora Superior do CONICET e Diretora do Programa de Doutorado em Ciências Sociais da Universidad Nacional de General Sarmiento e do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social (IDES), Argentina.

Mirta Kupferminc: Artista visual argentina. Seu trabalho, por volta de 40 exposições individuais, é exibido na Argentina e no exterior desde 1977.

Leo Spitzer: Professor Hathe Tappe Vernon de História da Dartmouth College e Professor Visitante de História da Columbia University. Seu livro mais recente é Hotel Bolivia: The Culture of Memory in a Refuge from Nazim (Hill & Wang, 1998).

Carlo Tognato: Professor Associado na Faculdade de Sociologia, Universidad Nacional de Colombia, e Faculty Fellow no Centro de Sociologia Cultural na Yale University.

Bridgette Sion: Candidata ao doutorado em Estudos da Performance pela New York University. Sua tese enfoca as performances cotidianas que se produzem no Memorial para os Judeus Assasinados da Europa, em Berlim, e no Parque de la Memoria em Buenos Aires.