A imagem cortante. Sonhos de soberania e os imaginários cubanos negros

Uma discussão em formato de mesa redonda sobre a obra da artista afro-cubana Gertrudis Rivalta, incluindo contribuições de María Cabrera Arús, Ana Dopico, Dantaé Elliot, Jacqueline Loss e Kristen Thomas. O evento culmina com uma palestra apresentada pela própria Gertrudis, na qual ela discute a trajetória da sua carreira.
Gertrudis Rivalta Oliva é uma artista multidisciplinar cuja trajetória inclui a escrita, a escultura, a pintura, a fotografia, o vídeo e a performance. Ela já exibiu a sua obra em algumas das mais importantes galerias e museus cubanos, como o Centro Wifredo Lam, a Fototeca de Cuba, a Galería 23 y 12, o Museo Nacional de Bellas Artes de Cuba, o Centro de Desarrollo de las Artes Visuales, bem como em espaços internacionais como o Museo de Artes de Ponce (Ponce, Porto Rico), o Cultural Center of the Philippines (Manila, Filipinas), o Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo (Badajoz, Espanha), a Track 16 Gallery (Los Angeles, Estados Unidos), a Galería Adhoc (Vigo, Espanha) e o Espace Croix-Baragnon (Toulouse, França). Dentre os seus shows solo mais aclamados, destaca-se Evans ou não Evans (1998, Universidad de Alicante), que revisitou a obra do fotógrafo americano Walker Evans em Cuba. A sua obra fez parte do show em grupo de 1997 intitulado “Queloides”, a primeira exibição em Cuba enfocando a questão racial e o lugar que as pessoas negras ocupam na sociedade cubana. A sua obra está abrigada em coleções em Cuba, na Espanha, na Itália, no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Media

Additional Info

  • Lugar de apresentação: Auditorio León de Greiff, Universidad Nacional de Colombia
  • Data da performance: August 21, 2009
  • País: Colômbia