Performance e Indigenismo

Performance e Indigenismo photo/foto: Niki Kekos
nk_teachin_performance-and-indigeneity_enc09_0023

Photo/Foto: Niki Kekos

Vicky Holt Takamine (Pua Ali’i Ili-ma), Helen Gilbert (University of London), María Francisca Oseguera Cruz (FOMMA), Victoria Patishtán Gómez (FOMMA)

Uma discussão sobre a performance indígena, com um enfoque nos artistas e ativistas do Canadá, México e Havaí.

Biografias

Vicky Holt Takamine é fundadora e kumu hula (mestre) de Pua Ali'i Ilima, uma escola de dança havaiana tradicional. Além disso, ensina hula na UH Manoa e na Leeward Community College. Formou-se em rituais 'uniki de hula de Maiki Aiu Lake. Recebeu seu bacharelado e mestrado em Etnologia da Dança pela University of Hawai'i. Desde 1997, coordena passeatas, protestos e marchas pedindo por justiça social, econômica e do meio-ambiente para os povos indígenas do Havaí.
www.vickytakamine.com
www.ilio.org

Helen Gilbert é professora de Teatro da Royal Holloway College, University of London. Atualmente trabalha num projeto sobre Indigenismo, Globalização e Pertencimento, seguindo um engajamento com a performance indígena no Canadá e Austrália.

María Oseguera Cruz começou sua carreira com a FOMMA quando a organização foi aberta em 1994, trabalhando como cozinheira para a creche. Tem colaborado com a criação de peças cooperativas da FOMMA, e escrito seus próprios contos e peças. Desde 2006, tem exercido o cargo de diretora do quadro executivo da FOMMA.
www.fommachiapas.org

Victoria Patishtan Gómez, no ano de 2001, se juntou à FOMMA, escrevendo contos, sua própria história de vida e histórias das comunidades Tzotziles que foram usadas nas peças de teatro. Victoria (falante da língua tzotzil) aprendeu o espanhol através de seu trabalho e suas peças. Além de atuar, Victoria se encarrega da roupa de teatro, cria máscaras para diferentes personagens e animais, organiza o arquivo de fotos e é secretária do quadro executivo. Recebeu treino teatral de Doris Difranecio.
www.fommachiapas.org