Richard Schechner: Desespero & nojo vs integridade & sabedoria: um jogo em 7 atos

Desespero & nojo vs integridade & sabedoria: um jogo em 7 atos

Samuel Beckett conta a história de alfaiate que leva semanas para fazer uma calça, enquanto deus precisou de apenas seis dias para criar o mundo. Qual ficou melhor? Pode a arte performar melhor que a natureza? Quais são as possibilidades para milhares de espécies, incluindo as nossas, no Antropoceno? Teriam os artistas poderes e responsabilidades especiais para transformar atitudes e comportamentos? Em um nível tanto pessoal quanto sócio-político, existe motivo para otimismo quando a escolha é entre desespero e nojo versus integridade e sabedoria?

Biografias

Richard Schechner é editor da TDR, autor, diretor teatral e professor emérito de Estudos da Performance, NYU. Seus livros incluem Environmental Theater (Teatro ambiental), Performance Theory (Teoria da performance), Between Theater and Anthropology (Entre o teatro e a antropologia), The End of Humanism (O fim do humanismo), The Future of Ritual (O futuro do ritual), Performed Imaginaries (Performance de imaginários), and Performance Studies: An Introduction (Estudos da performance: uma introdução). Foi diretor de produção do Free Southern Theater e fundou The Performance Group. Já dirigiu teatro, conduziu oficinas, lecionou e palestrou nas Américas, Europa, Ásia, África e Austrália.

Didanwy Kent Trejo (Apresentadora) tem doutorado e mestrado pelo programa de Pós-graduação em História da Arte da UNAM. Atualmente, trabalha em tempo integral como professora na Escola de Literatura Dramática e Teatro da Faculdade de Filosofia e Letras da UNAM. É tutora nos programas de Pós-graduação de Música e de Artes e Design da UNAM, e no programa de Pós-graduação em História da Arte. Seus temas de interesse de pesquisa têm girado em torno das diversas manifestações das artes cênicas, em particular a ópera, o teatro e a performance, bem como as práticas sociais e artísticas contemporâneas.