Miguel Angel González Merchán: Cartografias do crack

Cartografias do crack

Este projeto tem a intenção de modificar as noções sociais que cercam a pedra (bazuco ou crack), utilizando o comércio itinerante como ponte de discurso. Através de uma turnê, uma peça sonora é exposta e folhetos são distribuídos sobre a experiência do habitante de rua com a pedra, bem como uma instrução cáustica.

Biografia

Miguel Ángel González Merchán é um artista colombiano que usa a arte como desculpa para alcançar reflexões relacionadas à identidade e ao poder. Tenta fissurar o contexto através da sátira. Sua linha de trabalho é baseada na desconstrução da identidade a partir de uma perspectiva sociopolítica. Trabalha atualmente como assistente de produção na PerfoArtNet.