As vidas políticas do humor

Este painel vai explorar a função política que o humor desempenha ou pode desempenhar nos diferentes contextos políticos e culturais, analisando tanto o riso dos poderosos quanto o modo como isso é utilizado para virar o seu mundo ao avesso.

Biografias

Stephen Duncombe é professor de Mídia e Cultura na New York University e autor e editor de seis livros na interseção da cultura com a política. Duncombe, um ativista político de longa data, atualmente é cofundador e codiretor do Center for Artistic Activism, uma organização de pesquisa e treinamento que ajuda os ativistas a criarem mais como artistas e os artistas a traçarem estratégias mais como ativistas.

Danielle Roper é a Professora Adjunta ‘Neubauer Family’ no Departamento de Línguas Românicas da University of Chicago. Concluiu um Ph.D. no Departamento de Espanhol e Português da New York University em 2015. O título da sua tese foi Inca Drag Queens and Hemispheric Blackface: Contemporary Blackface and Drag performance from the Andes to Jamaica (Drag queens incas e o blackface hemisférico: a performance blackface e drag contemporânea, dos Andes à Jamaica). Atualmente, está escrevendo o seu primeiro livro: Hemispheric Blackface: Impersonation and Multiculturalism in the Americas (Blackface hemisférico: personificação e multiculturalismo nas Américas).

Miroslava Salcido (1970), membra fundadora do grupo de performance SEMEFO, é doutora em Filosofia pela UNAM. Atualmente, é pesquisadora titular em tempo integral no Centro de Investigación Teatral Rodolfo Usigli, CITRU e coordenadora da linha de pesquisa Liminaridade e espaços performativos, no Mestrado em Pesquisa Teatral. É autora do livro Performance. Rumo a uma filosofia da corporalidade e ao pensamento subversivo, CITRU/INBA, 2017.

Larry Bogad é autor, performer e professor na UC Davis. Suas publicações incluem: Tactical Performance; Electoral Guerrilla Theatre (Performance tática; teatro de guerrilha eleitoral) (Routledge) e COINTELSHOW (PM Press). Suas performances incluem: ECONOMUSIC, ORWELL’S WAR, POSSIBLE PASTS: SANTIAGO 9/11, HAYMARKET, EXIT 11 e A FAIR FIGHT.

Diana Taylor (Moderadora) é professora de Estudos da Performance e de Espanhol na New York University. Ela é uma autora premiada de diversos livros, dentre eles: Theatre of Crisis (1991) [Teatro da crise], Disappearing Acts (1997) [Desaparecimentos], The Archive and the Repertoire (2003) [O arquivo e o repertório] e Performance (2016). Seu novo livro, ¡Presente! The Politics of Presence [Presente! A política da presença] será lançado em breve pela Duke University Press. Taylor é diretora do Instituto Hemisférico de Performance e Política, o qual ela ajudou a fundar em 1998. Em 2017, Taylor foi presidente da Modern Language Association e foi recentemente eleita para a American Academy of Arts and Sciences. Em 2018, foi admitida na American Academy of Arts and Science.

FaLang translation system by Faboba