O mundo do avesso: ruptura, inversão e jogo

Este painel busca examinar como os sujeitos individuais e coletivos surgem nas Américas, por meio de uma variedade de práticas discursivas e incorporadas que criativamente reviram normas, convenções e poder.

Biografias

Melissa M. Wilcox é professora e ocupa a cátedra Holstein Family and Community de Religião na University of California, Riverside, EUA. Ela publicou recentemente um livro sobre as Irmãs da Perpétua Indulgência: Queer Nuns: Religion, Activism, and Serious Parody (Freiras queer: religião, ativismo e paródia séria) (NYU, 2018) e está começando a trabalhar em dois novos projetos, um sobre a espiritualidade do couro e outro sobre o entrelaçamento dos estudos religiosos com a teoria queer.

Luis Rincón Alba é um artista e acadêmico colombiano. Atualmente, é doutorando no Departamento de Estudos da Performance, além de ser professor adjunto no Departamento de Arte e Política Pública da New York University. Seus interesses artísticos e acadêmicos concentram-se na emergência do político e do festivo nas estéticas do Caribe e da América Latina.

Leticia Alvarado é professora adjunta no Departamento de Estudos Americanos da Brown University. A sua pesquisa interdisciplinar situa-se no nexo da cultura visual latina/o/x e dos estudos do gênero e da sexualidade. Ela é a autora de Abject Performances: Aesthetic Strategies in Latino Cultural Production (Performances abjetas: estratégias estéticas na produção cultural latina) (Duke University Press, 2018).

Joshua Chambers-Letson é professor associado de Estudos da Performance na Northwestern University. Ele é o autor de After the Party: A Manifesto for Queer of Color Life (Depois da festa: um manifesto pela vida dxs queer de cor) (NYU Press, 2018) e A Race So Different: Law and Performance in Asian America (de Uma corrida tão diferente: a lei e a performance na América asiática) (NYU Press, 2013). Ele está atualmente trabalhando com Tavia Nyong’o para preparar a obra The Sense of Brown, de José Esteban Muñoz, para publicação pela Duke University Press.

Sue Ellen Case (Moderadora) é uma Professora Pesquisadora Distinguida na Escola de Teatro, Cinema e Novas Mídias da UCLA. Seus diversos livros e artigos, que já foram publicados em vários idiomas, enfocam a performance e a política feminista e lésbica. Ela já lecionou e palestrou em instituições acadêmicas nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Ela integrou o conselho de diretores do Hemi por muitos anos, tendo encontrado acadêmicos e performers de todo o Hemisfério. Apesar de esses encontros terem mudado o seu pensamento e a sua vida, ela lamenta profundamente ainda não ter aprendido espanhol.