Água para um desafio, ou Don't you forget about me: um ritual de liberação nacional (Ritual de cura final)

Se congelará o fogo como ritual simbólico de liberação mundial. Consiste na apresentação e degustação de várias esculturas com formas de armas de fogo feitas à base de água congelada de diferentes sabores. Uma vez derretidas (“POSTREriormente”) o suco será bebido pelos espectadores comensais.

Biografia

César Martínez é artista “indisciplinar” mexicano, o seu trabalho como artista tem transitado por diferentes contribuições conceituais e suportes técnicos, desde a dinamite até a gelatina. Suas obras têm sido explodidas e comidas; são nutrientes simbólicos e enzimas criativas nos corpos dos que degustam o seu trabalho. O mesmo tem ocorrido ao redor do mundo.

Published in Trasnocheo
sexta-feira, 26 abril 2019 17:29

César Enríquez: La Prietty Guoman

La Prietty Guoman

O México tem uma das maiores taxas de mortes por ódio na comunidade LGBT. Eu queria criar uma voz singular que pudesse falar por todas as vozes que foram silenciadas. A “Prietty Guoman” não é apenas um corpo. Ela é muitos corpos. Trans, indígena, pobre, trabalhadorx do sexo, artista, todxs aquelxs que estão do lado de fora, invisíveis, inaudíveis.

Biograpfia

César Enríquez é ator, dramaturgo e diretor. Atualmente, é residente do Art Playwright Exchange 2019 no Lark Institute, Nova Iorque. Ele também foi o ator principal do musical El Rey Leon, sob a direção de Julie Taymor, no México.

Published in Performances
sexta-feira, 26 abril 2019 17:29

Las Reinas Chulas S.A. de C.V.: As miseráveis

As miseráveis

Nos tempos da Revolução Francesa, quatro espiãs descobrem que não estão na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Mergulhadas na miséria, gritam, choram, cantam e dançam com a finalidade de encontrar um caminho esperançoso. Temas como igualdade, fraternidade e liberdade são contestados e colocados em questão.

Biography

Las Reinas Chulas S.A. de C.V. é uma companhia de cabaré mexicano formada desde 1998 por Marisol Gasé, Cecilia Sotres, Ana Francis Mor e Nora Huerta. Seus espetáculos utilizam a sátira, a farsa e a música para fazer uma crítica social a partir do humor. Desde 2005, dirigem o Teatro Bar El Vicio, um espaço dedicado à difusão da arte e da cultura como fontes de transformação social.

Published in Performances
sexta-feira, 26 abril 2019 17:29

NIC Kay: Pushit!!

Pushit!!

É possível coreografar a resistência? Pushit!!, performance site-responsive de NIC Kay, é uma meditação sobre o trabalho emocional e a impossibilidade do palco como espaço de liberdade para artistxs negrxs. Este trabalho é parte de um conjunto mais amplo de exercícios para “melhorar logo”.

Biografia

NIC Kay é umx artista pós-disciplinar que realiza performances, instalações e publicações. É profundamente comprometidx com o ato e o processo de locomoção, de mudar de lugar, da produção do espaço, da posição e da claridade obtidas ao mudar de perspectiva.

Published in Performances
sexta-feira, 26 abril 2019 17:29

Alexandra Martins Costa: Regalo

Regalo

Regalo é uma performance sobre presentes. No lugar da cabeça, uma gaiola. No lugar de pássaros, origamis. No lugar do aprisionamento, uma oferta de um presente. Continuidade pela rua, entregando tsurus para pessoas, nossa cabeça servia de moradia para esses pássaros coloridos. Uma ação concluída quando todos estão livres. Inclusive eu.

Biografia

Formada em Comunicação e baseada em Brasília, Alexandra Martins Costa é especialista em Dança e Artes Visuais e mestre em Estudos de Gênero e Feminismo. Integrou o Corpos Informáticos e o coletivo Tete a Teta. Trabalha com edição de vídeo desde 2010, com performance desde 2011 e palhaçaria desde 2016. Atualmente, faz parte do coletivo Fora da Casinha e da Rede de Palhaçaria Feminina.

Published in Performances
sexta-feira, 26 abril 2019 17:26

Éden Peretta: Não alimente os peixes

Videoinstalação do Não alimente os peixes no Brasil.

Não alimente os peixes

A videoinstalação busca ressignificar diferentes espaços urbanos como janelas, portas e chafarizes ao transformá-los em “aquários” onde estranhos peixes realizam as suas danças. Busca assim problematizar o ritmo de nossas vidas ao desequilibrar nossa percepção cotidiana do tempo e do espaço. Quem está preso, afinal?

Biografia

Éden Peretta é artista da dança e professor junto ao programa de pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto, Brasil. Coordena desde 2012 o coletivo Anticorpos, com o qual desenvolve pesquisas no cruzamento entre dança, teatro e arte videográfica, criando espetáculos e instalações que têm o corpo como elemento central.

Published in Performances

Inversão performativa da injúria, manifesto descolonial do sul

O trabalho lida com as cadeias de significados implicados ao fato de ser uma mulher, de ser uma imigrante, de ser uma cadela, com o objetivo de visibilizar as marginalidades às quais pertenço e estou submetida em decorrência do território que habito.

Biografia

Julied Zapata Arias é uma artivista social chilena, baseada no México que assume a “arte” como uma forma de resistir e reexistir na “realidade”. Realizou trabalhos artístico-comunitários em vários países, como Peru, Guatemala, Espanha, Chile e México. Faz parte do coletivo artístico Ajo Confita’o. Atualmente está cursando mestrado em Artes Cênicas na Universidad Veracruzana.

Published in Performances

Onde está bruno?

São abordadas as possibilidades de “aparição” oferecidas pela prática artística no desolador panorama sociopolítico em que vivemos. A peça fala da vinculação entre práticas artísticas e estratégias políticas de denúncia e visibilização: Corpos desaparecidos? Desaparecimento forçado? Como representar os invisíveis?

Biografias

Lukas Avendaño apresentou-se no RUTAS International Multi-Arts Festival de 2018, em Toronto, Canadá; na University of California, EUA e no Brave Festival, Wroclaw, Polônia, dentre outros.

Edgar Cartas Orozco trabalha como músico e trompetista. É diretor da Orquestra Filarmônica Sandunga del Istmo em Oaxaca.

Published in Performances
sexta-feira, 26 abril 2019 17:26

Kristin Reger: 7 momentos do devir

7 momentos do devir

the fragile, the frozen, the fossilized
feel them
in your eyes

become us
rare specimens,
radiating alchemistic
shards
_

hielo, piedra, vidrio
llénate—la
oquedad
del ojo

internalice, adentrar
alguito precioso
con la promesa alquímica
de trozos

Biografia

Kristin Reger (Chicago, 1984) é uma artista visual e da performance com formação em teoria da moda. Cursou o programa educativo em SOMA, na Cidade do México, e um mestrado em Artes Visuais na Universidad Nacional Autónoma de México. Vive e trabalha na Cidade do México.

Published in Performances

Ver, verde, verdade. Engolir história

O poder das palavras, engolir histórias, antropofagia pura. Aqui o artista convida pessoas que passam por sua barraca a se alimentar de sua própria história. Um convite a entender a memória das pessoas, a memória incorporada por todos nós, que somos muitos dentro de um corpo só.

Biografia

Efe Godoy vive y trabaja en Belo Horizonte. Com propostas artísticas que passam pelo design, música e performance, em suas obras muitas vezes vemos animais e plantas em forte simbiose com o humano, além de uma intensa conexão com os aspectos comuns da vida cotidiana, bem como a memória e a passagem do tempo.

Published in Performances
Pág. 18 de 19