Pacha Queer: [MONSTRA CABARET] – “entre democracias e outras falácias” –

[MONSTRA CABARET] – “entre democracias e outras falácias” –

democracia
em tempxs de pós-verdade
é pura falácia

governando violências
aniquilando existências

NOS MATAM *porno* ser / por não ser
NOS VIOLAM *porno* star / por não ser

corpas sem direitxs
esperando ser desfeitxs

lantejoulas retorcidas
monstras subversivas

afiando as lâminas
infectando ser guerrilhas

machxs vão cortando
corpas liberando
orgasmas desatando

Biografia

Pacha Queer é uma trincheira dissidente de performance e política no Equador. MoTa (Eduardo Fajardo) e CoCa (Fernando Rodríguez), terroristas dx gênerx, subversivas do prazer, bruxas transfeministas, abortam performances guerrilheiras, incitando a emancipação de pensamentxs a partir da (re)ação artística, contracultura, “zorroridade” e autonomia.