Conferência-apresentação

Quantas feministas são necessárias para se trocar uma lâmpada? Sobre a criação da comédia feminista no século XXI

"Quantas feministas são necessárias para se trocar uma lâmpada? Sobre a criação da comédia feminista no século XXI" é uma palestra que mostra o que há por trás dos cartazes divertidos, protestos mordazes, ataques surpresa de fax, discursos de protesto e ações de teatro de rua usadas pelas Guerrilla Girls para atacar e expor o sexismo no mundo do teatro. Inclui uma guia passo-a-passo sobre a arte da colaboração.

Biografias

Donna Kaz é uma performer, ativista, autora e líder feminista em temas sobre a mistura do ativismo com a arte. Nos últimos 20 anos, tem comprovado que as feministas são divertidas com o seu trabalho Guerrilla Girls On Tour (Meninas da guerrilha em turnê). Seu novo e-book PUSH/PUSHBACK: 9 Steps to Make a Difference with Activism and Art (PUSH/PUSHBACK: 9 passos para fazer a diferença com o ativismo e a arte) está disponível em: ggontour.com. donnakaz.com @donnakaz

Ana Francis Mor (Apresentadora) é formada em Atuação pelo Foro Teatro-Contemporáneo e em Artes Cênicas para a Expressão Teatral pela Universidad de Guadalajara. Ganhadora da Medalla Omecihuatl 2011 por seu trabalho artístico e como ativista feminista LGBTTTI. Cofundadora da companhia “Las Reinas Chulas”, que conta com mais de 50 espetáculos em seu currículo. Ao final de 2014, a companhia recebeu a Medalla del Mérito a las Artes, outorgada pela Assembleia Legislativa da Cidade do México por mais de quinze anos dedicados à promoção da cultura na capital do país.

FaLang translation system by Faboba