El ejido en Navidad (1991)

El ejido en Navidad (1991) HIDVL
Vídeo-documento da performance cabaré, não editado, pelas famosas artistas Jesusa Rodríguez e Liliana Felipe. "El ejido en Navidad", seguindo a tradição das "pastorelas" anuais (autos de Natal) encenada no Teatro Bar El Hábito, na Cidade do México, propõe uma crítica satírica aos eventos políticos atuais na esfera pública do México. Apresentada como um conto-de-fadas-que-deu-errado (apresentado por Cachirulo, legendário personagem infantil de tevê por Enrique Alonso, e "enfeitiçado" pelas personagens de tevê (Cachirulo) a Bruxa Escaldufa e Fanfarrón), a peça propõe uma tomada contra o sistema vigente e suas reformas agrárias propostas pelo então presidente Carlos Salinas de Gortari (através da sua controversa Amenda ao Artigo 27 da Constituição mexicana). Estas reformas afetaram diretamente as unidades organizacionais conhecidas como "ejidos" -- aqui, em espanhol, o jogo de palavras é entre "el ejido" (sistema de agricultura em cooperativa) e o "elegido" ("o Eleito", um cognome cristão comum nos autos de Natal). Corrupção, desfalque de dinheiro e violência política vagam pela zona rural mexicana enquanto que as figuras políticas lendárias e personagens fictícios visitam um casal de camponeses pobres e sem poder. Os abusos constantes, suportados pela população camponesa e pelos povos indígenas, evidenciam como as promessas políticas de progresso e de inclusão no "projeto nacional" acabam sendo pesadelos de opressão para milhões de mexicanos através da História.

Media

Permanent URL: http://hdl.handle.net/2333.1/8sf7m0kc