Salad of the Bad Café (1998, 2000)

Salad of the Bad Café (1998, 2000) Split Britches

"Salad of the Bad Café" é um cabaré pós-moderno escrito e apresentado por Lois Weaver e Peggy Shaw do Split Britches e a artista performática asiático-americana Stacy Makishi. Inspirado na história "The Ballad of the Sad Café" de Carson McCullers e nas vidas de Tennessee Williams e Yukio Mishima, é um tratado sobre o amor numa era pós-claustrofóbica. A peça começa em 1945, no verão entre a guerra e o período pós-guerra quando o Japão chorava, a América do Sul fervia e a palavra "gênero" era, na maior parte do tempo, usada na aula de gramática. O cenário é um café onde pessoas vêm para passar algumas horas para que "o profundo e amargo saber de que suas vidas não valem muito mesmo possa permanecer em descanso". Esteriótipos de raça, gênero e regionais se reúnem para contar a história de um amor não correspondido, numa tentativa de desmistificar a idéia de Queer, desorientar o Oriente, desmistificar o Gótico sul-americano e o Grotesco americano.

Media

Additional Info

  • Título: Salad of the Bad Café
  • Holdings: video (HIDVL)
  • Duração: 01:27:25
  • Idioma: English
  • Data da performance: 4 Nov 1998
  • Lugar: Performed at Drill Hall, London on Nov 4, 1998 and in Boston, Massachusetts, on Apr. 7, 2000.
  • Type/Format: performance, cabaret
  • Cast/Performers: Lois Weaver, Peggy Shaw, Stacy Makishi.
  • Credits: Split Britches, producer ; Lois Weaver, director, writer ; Peggy Shaw, Stacy Makishi, writers.
FaLang translation system by Faboba