Bibliografia

[compiled by Marcos Steuernagel, 2010]

Almeida, Miguel de, ed. Arena, Oficina, Anchieta e outros palcos. São Paulo: Lazuli Editora; SESC, 2005.  

Bardi, Lina Bo. Teatro Oficina = Oficina Theater: São Paulo, Brasil, 1980-1984. Lisboa: Blau, 1999.  

Cohn, Sergio, and Karina Lopes, eds. Zé Celso Martinez Corrêa. Rio de Janeiro: Beco do Azouque, 2008.  

Corrêa, José Celso Martinez. “O Rei da Vela: Manifesto do Oficina.” In O rei da vela, by Oswald de Andrade. São Paulo: Editora Globo, 2000.  

———. Primeiro Ato: Cadernos, Depoimentos, Entrevistas, 1958-1974. São Paulo: Editora 34, 1998.  

Costa, Iná Camargo. “Política e Repertório No Teatro Oficina.” In Atlas do 1º Encontro de Centros de Estudos Portugueses no Brasil, 421-423. São Paulo: Humanitas, 2001.  

Costa, José. “Zé Celso Martinez Corrêa: Cacildas plurais.” In Teatro contemporâneo no Brasil: criações partilhadas e presença diferida, 185-211. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2009.  

Fernandes, Sílvia. “Boca de Ouro e o Oficina.” In Teatralidades Contemporâneas, 25-36. São Paulo: Perspectiva, 2010.  

Labaki, Aimar. José Celso Martinez Corrêa. São Paulo: Publifolha, 2002.  

Mostaço, Edélcio. Teatro e política: Arena, Oficina e Opinião. São Paulo: Proposta Editorial,, 1982.  

Nandi, Ítala. Teatro Oficina: onde a arte não dormia. Rio de Janeiro: Faculdade da Cidade Editora, 1998.  

Peixoto, Fernando. Teatro Oficina (1958-1982): Trajetória De Uma Rebeldia Cultural. São Paulo: Brasiliense, 1982.  

Pires, Ericson. Zé Celso E a Oficina-Uzyna De Corpos. São Paulo, SP, Brasil: Annablume, 2005.  

Rahal, Carlos. Atravessando a ponte: a evolução do espaço cênico do Teatro Oficina. São Paulo, 2003.  

Silva, Armando. Oficina, do teatro ao te-ato. São Paulo: Editora Perspectiva, 1981.  

Tavares, Renan. Teatro Oficina de São Paulo: seus dez primeiros anos (1958-1968). São Paulo: Yendis, 2006.  

Universidade de São Paulo. “Dossiê Os Sertões.” Sala Preta: Revista de Artes Cênicas 2 (2002): 137-208.

 

FaLang translation system by Faboba