Astrid Hadad in Concert

Nesta documentação em vídeo, Astrid Hadad desenvolve um arranjo musical sobre a violência contra a mulher. Apesar de as suas canções serem oriundas da tradição mexicana e serem claramente referentes às mulheres mexicanas, os comentários de Hadad durante o show sugerem que a violência contra a mulher é endêmica e que atinge não somente às mulheres latino-americanas, mas a mulheres em todo o mundo. Vestida como ‘Adelita’, uma icônica figura feminina da Revolução Mexicana, Hadad reivindica uma posição mais forte para as mulheres na sociedade. A sexualidade feminina é um tema central das suas canções, buscando uma liberação dos corpos femininos – jogando com as palavras de Emiliano Zapata, ela diz que ‘o orgasmo pertence àqueles que trabalham para isso’.

Vídeo HIDVL em breve.