Muiraquitã II: Acriando

Muiraquitã é um amuleto da sorte, um sapo, que representa a sabedoria e a fertilidade no mundo ameríndio e que empresta o seu nome a este projeto de investigação artística sobre as tradições afro-ameríndias, realizado pelo artista e pesquisador Zeca Ligiéro. O projeto Muiraquitã II recebeu em 2010 o prêmio de Residência Artística da FUNARTE/MINC. O projeto documenta a vida cultural em torno das florestas do Acre e os seus conflitos.

 

Media