Apesar de tudo (2007)

Um confronto direto a questões como os tiroteios em escolas e o abuso infantil, dentre outros, a obra Apesar de tudo do The Suicide Kings é um trabalho seminal como performance de palavra falada e como arte ativista. Apresentando um dos mais acalorados coletivos de hip-hop da região da Baía de São Francisco, sob a direção do legendário Marc Bamuthi Joseph, vencedor do prêmio GOLDIE, a estória entrelaça os dias seguintes ao trágico evento e as vidas dos perpetradores e das vítimas para revelar as questões subjacentes, tanto institucionais quanto pessoais, que levam ao bullying e à violência juvenil nas escolas. Começando com um grupo de líderes de oficinas de redação à frente de uma sala de aula, a diversão é bruscamente interrompida quando a cena transforma-se em um interrogatório policial de um dos instrutores sobre o maior tiroteio escolar desde o de Columbine. O que acontece em seguida é tão instigante quanto pungente. Os artistas conduzem a plateia numa viagem através do jornalismo gerador do medo, de videogames violentos e mais, para revelar que a violência e os tiroteios escolares não podem ser atribuídos somente aos perpetradores.

Media

Permanent URL: http://hdl.handle.net/2333.1/stqjq4rk

Additional Info

  • Título: In Spite of Everything
  • Holdings: video (HIDVL)
  • Duração: 01:12:45
  • Idioma: English
  • Data da performance: 12 Jul 2007
  • Lugar: The Studio Theater, Space A 1501 14th St, NW, #3 Washington DC.
  • Type/Format: performance
  • Cast/Performers: Suicide Kings, performers.
  • Credits: Suicide Kings, writers; Marc Bamuthi Joseph, director.
FaLang translation system by Faboba