Pichon: ritual da dança do fogo (1999)

Arthur Avilés interpreta Pichon: Ritual Dance of Fire / Pichon: ritual da dança do fogo (1999) como parte de um evento beneficente para a Martha Graham School. Uma das muitas encarnações de Pichon, Avilés dança ao som de música eletrônica estilo house, usando um vestido de veludo vermelho inspirado em Martha Graham—uma dançarina e coreógrafa moderna, pioneira nos Estados Unidos. Ele combina movimentos da dança rave com formas clássicas de balé ao longo de toda a peça. Uma hora Avilés está dançando arabescos e piruetas; logo depois ele está interpretando movimentos da música eletrônica e tecktonik. O movimento é complementado pela letra da música “O mundo dá várias voltas, o mundo dá várias voltas”. Enquanto dança no salão, o vestido vermelho de Avilés cai, revelando o seu pênis para a audiência. A nudez de Avilés torna-se um ato queer que afirma a sua sexualidade e identidade racial no palco (conforme evidenciado em muitas das suas danças). Ele continua com frases e padrões de movimentos bastante gráficos até que a dança termina.

Media

Permanent URL: http://hdl.handle.net/2333.1/1rn8pqkh