O Arthur Avilés Typical Theater no Jacob’s Pillow Dance Festival (2004)

Como parte do Jacob’s Pillow Festival, o Arthur Avilés Typical Theater apresenta um conjunto de quatro peças. A primeira é um solo dançado ao som de e intitulado como a canção “To Be Real”, de Cheryl Lynn. Em seguida, Charles Rice González narra “El Yunque”, uma estória sobre a jornada de um jovem nuyorican (“novaiorquinorriquenho”) do sul do Bronx à floresta tropical de El Yunque, na região nordeste de Porto Rico. À medida em que ele fala, os dançarinos encenam e dão vida à estória, através de frases de movimentos. Temas envolvendo o desejo homossexual, a identidade intercultural e a nacionalidade são levantados no texto e nos gestos. Arthur Avilés dança então um solo ao som de uma canção de Tito Puente usando um chapéu tradicional portorriquenho e interpretando movimentos tradicionais. A seguir, vem a peça “La La Land”, acompanhada pela canção “MacArthur Park”, de Donna Summer. Finalmente, há uma conversa de perguntas e respostas. Juntas, as quatro peças apresentam a trajetória de Arthur e da sua companhia, mostrando o seu trabalho e também o cerne da coreografia de Arthur: sua relação com a sua herança portorriquenha e a influência da cultura popular gay.

Media

Permanent URL: http://hdl.handle.net/2333.1/qfttf4bw