O Rei da Vela (1967)

A obra O Rei da Vela foi escrita por Oswald de Andrade em 1933, mas a sua estreia ocorreu somente em 1967, nesta produção do Teatro Oficina. Encenada durante a revolução cultural do final dos anos 60 e no limiar do AI-5 de1968 – o período mais violento da ditadura brasileira –, ela tornou-se um símbolo para o movimento da contracultura. A casa de teatro do Oficina tinha sido destruído por um incêndio em 1966 e, buscando uma peça que pudesse simbolizar uma nova fase, a companhia decidiu que essa obra de vanguarda do dramaturgo brasileiro lhes oferecia os elementos necessários para refletir a crise do seu momento cultural e histórico. Uma fábula sobre um fabricante de velas e credor, sob a pressão de empréstimos para o imperialismo norte-americano, a obra retrata a condição de subdesenvolvimento do país, alvo de uma mentalidade autoritária, construída com base em superficialidades. Com elementos visuais fortes e agressivos de Hélio Eichbauer e uma canção de Caetano Veloso, esta produção tornou-se uma referência para diversos artistas que formaram o Movimento Tropicália, influenciando a música, o cinema, as artes plásticas e a literatura.


Materiais Adicionais

icon O Rei da Vela - review Folha clipping (251.08 kB)

Additional Info

  • Título: O Rei da Vela
  • Alternate Title: The Candle King
  • Holdings: script
  • Idioma: Portuguese
  • Data da performance: 1967
  • Lugar: São Paulo, Brazil
  • Type/Format: play, performance
  • Cast/Performers: Abrahão Farc, Adolfo Santana, Chico Martins, Dina Sfat, Dirce Migliaccio, Edgar Gurgel Aranha, Esther Góes, Etty Fraser, Fernando Peixoto, Henriqueta Brieba, Ítala Nandi, José Wilker, Liana Duval, Maria Alice Vergueiro, Otávio Augusto, Othon Bastos, Renato Borghi, Renato Dobal, Yolanda Cardoso
  • Credits: Oswald de Andrade, author; José Celso Martinez Corrêa, director; Frei Betto, assistant director; Helio Eichbauer, set design and costumes; Maria Esther Stockler, choreography; Caetano Veloso, Damiano Cozzella, and Rogério Duprat, music; Teatro Oficina, producer