Perfis de artistas

El Hábito

El Hábito

Diretora mexicana, atriz, dramaturga, artista performática, cenógrafa, empresária e ativista social, Jesusa Rodríguez já foi chamada de a mulher mais importante do México. Freqüentemente reconhecida como "camaleoa", Rodríguez parece se deslocar, sem esforço e com muito vigor, através de um espectro de formas culturais, estilos e tons. Seus "espectáculos" (reconhecidos como espetáculos e shows) desafiam a classificação tradicional, atravessando com facilidade fronteiras genéricas: da elite ao popular às massas, da tragédia grega ao cabaré, do indígena da era pré-Colombina à ópera, da revista, da cena curta e "carpa" aos atos performativos dentro de projetos políticos. Humor, sátira, jogo lingüístico e corpo são uma constante em suas produções. Procura passar o corpóreo e, assim, o vísivel, e as tensões entre os discursos em andamento, através do corpo individual e coletivo. A energia de Rodríguez é intensa e seu compromisso, não-negociável; sempre questionando a natureza, o lugar, e as conseqüências de poder e sua representação.

Liliana Felipe, uma das principais cantoras e compositoras da América Latina, nasceu na Argentina na década dos anos 50. Foi para o México um pouco antes do início da "Guerra Suja" (1976), mas sua irmã e cunhado foram "desaparecidos" -- vítimas da política criminosa da ditadura militar. A música de Liliana possui um amplo número de seguidores na América Latina. Continua sendo uma presença forte na Argentina, trabalhando com organizações de direitos humanos -- especialmente a H.I.J.O.S. (organização dos filhos dos desaparecidos).

No México, Liliana foi a uma das apresentações de Jesusa Rodríguez. Jesusa, ao espiar Felipe na platéia, lembra que disse a si mesma: "Eu vou morrer com aquela mulher". Vivem juntas desde então. Em fevereiro de 2000, "casaram-se". Juntas, Jesusa e Liliana (também conhecidas como "Las Patronas") criaram dois espaços performáticos, o El Cuervo e mais tarde o El Hábito em Coyoacán, na Cidade do México, o qual dirigiram até o ano de 2005 quando suas colaboradoras Las Reinas Chulas tomaram posse e deram-no um outro nome, El Vicio. O El Hábito/El Vicio é um centro para intelectuais, feministas, ativistas gays e pessoas progressistas e de mente aberta que queiram se reunir em torno de um humor inteligente e crítico. Neste espaço alternativo, e com a colaboração de suas colaboradoras teatrais Las Divas, Jesusa e Liliana já produziram centenas de shows desde os anos 80.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.