Sebastián Calderón Bentin Professor Associado

 Portrait

Sebastián Calderón Bentin é professor no departamento de Drama. É doutor em Theater & Performance Studies pela Stanford University, mestre em Performance Studies e bacharel em belas artes em Theater and Anthropology pela New York University. Seus interesses de pesquisa incluem teoria da performance, mídias de massa, teorias do barroco e estudos culturais latino-americanos. Seus textos já apareceram em TDR:The Drama Review, Identities: Global Studies in Culture and Power, Istmo: Revista virtual de estudios literarios y culturales centroamericanos e na antologia Neoliberalism and Global Theaters: Performance Permutations, editado por Lara Nielsen e Patricia Ybarra (Palgrave Macmillan, 2012). Seu projeto atual, Baroque States, explora a genealogia entre a performance barroca e a mídia de massa contemporânea na política latino-americana. Como performer ele colaborou com Every House Has a Door, Witness Relocation, no Institute of Failure de Anna Deavere Smith, John Jesurun, Ann Carlson, Faye Driscoll, Tim Etchells e Matthew Goulish, e com International Contemporary Ensemble, entre outros. Calderón Bentin é professor visitante no departamento de Spanish and Portuguese da New York University, no Teatro de la Universidad Católica no Peru e do Instituto Hemisférico de Performance e Política. Em 2013 foi premiado com o Routledge Prize por excelência acadêmica em nível de pós-graduação pelo Performance Studies International (PSI).