Rabinal Achi

(GUATEMALA, FIFTEENTH CENTURY/1855)
TRANSLATED BY RICHARD E. LEINAWEAVER

Esta dança-drama fornece um olhar incalculável sobre a natureza altamente ritualística da performance Ameríndia. Dois adversários, O Homem de Rabinal e o Guerreiro Quíchua, estão presos numa batalha estilizada; fica evidente para todos que, desde o início, o prisioneiro Quíchua deve morrer sobre a pedra de sacríficios, no entanto, lhe é mostrado toda honraria até o momento final. Embora a primeira transcrição tenha sua data a partir do ano de 1855, Rabinal Achi  nos remete às lutas pré-Conquista entre as dinastias vizinhas e é ainda apresentada hoje em dia durante as fiestas patronales (festas de santos padroeiros) na cidade de Rabinal, Guatemala.

 

 

Course Materials

Performance & Conquest (NYU/CITRU/UNIRIO, Summer 2004)

FaLang translation system by Faboba