Este painel explora distintas abordagens sobre o uso do humor e do riso como ferramenta ativista, navegando pelas particularidades desse uso no espaço público.

Espaço público, riso, ativismo

Caca. Foto fornecida pela artista..

Caca

Seguindo a tradição da equilibrista italiana que atravessa o tempo, Maria Spelterina, cruzamos a corda bamba como um ato perigosamente político e significativo. Não cairmos em meio a, diante de, sob, com, contra, em, entre, por, sobre ou atrás da Caca é a nossa maior façanha.

Biografía

Kairiana Núñez Santaliz Santaliz é uma artista e educadora de crianças, jovens e adultos, originária de Porto Rico. Materiais autobiográficos e epistolares, cachorros, sonhos e a situação colonial de Porto Rico são alguns dos temas que influenciam o seu trabalho. Foi membra fundadora de Jóvenes del 98, um grupo de teatro de rua dirigido por Maritza Pérez Otero.

Kairiana Núñez: Caca

O EFEITO HUMBOLDT. Foto fornecida pelo artista.

Fabiano Kueva: O EFEITO HUMBOLDT: viajantes, narrativas e sentidos. América como forma e fonte

O Arquivo Alexander von Humboldt é uma investigação artística que, através da performance e da instalação, intervém em vários ambientes institucionais (museus, arquivos, bibliotecas, universidades) para interpelar noções como a autoridade científica/intelectual, a autenticidade artística/patrimonial ou a legitimidade geo-bio-política, fruto das expedições científicas do século XVIII. O EFEITO HUMBOLDT é um diálogo referente às relações entre palavra - corpo - espaço - ritual para a geração de um lugar crítico e de uma linguagem comum.

Apresentação: Fabiano Kueva, Luis Gerardo Morales, Ana Rodríguez, Miguel Ángel Fernández, Cecilia Delgado Masse, Adriana Salazar y Néstor Quiñonez. 

*Disponibilidade de apenas 30 pessoas, inscrião prévia: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Biograpfia

Fabiano Kueva é artista e curador com projetos realizados em museus, espaços públicos e contextos comunitários. Kueva participou da Bienal de Havana (Cuba, 2009), da Bienal de Montevideo (Uruguai, 2014) e da Bienal de Veneza (Itália, 2015) e recebeu a bolsa Prince Claus Fund Grant em 2010. Vive e trabalha no Equador.

Fabiano Kueva: O EFEITO HUMBOLDT: viajantes, narrativas e sentidos. América como forma e fonte

O EFEITO HUMBOLDT. Foto fornecida pelo artista.

Fabiano Kueva: O EFEITO HUMBOLDT: Despojo. Coleções. Repatriações. A vida geopolítica de objetos e documentos

O Arquivo Alexander von Humboldt é uma investigação artística que, através da performance e da instalação, intervém em vários ambientes institucionais (museus, arquivos, bibliotecas, universidades) para interpelar noções como a autoridade científica/intelectual, a autenticidade artística/patrimonial ou a legitimidade geo-bio-política, fruto das expedições científicas do século XVIII. O EFEITO HUMBOLDT é um diálogo referente às relações entre palavra - corpo - espaço - ritual para a geração de um lugar crítico e de uma linguagem comum.

Apresentação: Fabiano Kueva, Ana Rodríguez, Miruna Achim, Malena Bedoya, César Martínez

*Disponibilidade de apenas 30 pessoas, inscrião prévia: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Biograpfia

Fabiano Kueva é artista e curador com projetos realizados em museus, espaços públicos e contextos comunitários. Kueva participou da Bienal de Havana (Cuba, 2009), da Bienal de Montevideo (Uruguai, 2014) e da Bienal de Veneza (Itália, 2015) e recebeu a bolsa Prince Claus Fund Grant em 2010. Vive e trabalha no Equador.

Fabiano Kueva: O EFEITO HUMBOLDT: Despojo. Coleções. Repatriações. A vida geopolítica de objetos e documentos